VI Encontro de Museus de Países e Comunidades de Língua Portuguesa

VI Encontro de Museus de Países e Comunidades de Língua Portuguesa

Não me canso de elogiar o excelente trabalho que os colegas da direcção do comité nacional do ICOM estão a desenvolver nos últimos anos. Já o fiz em diversos lugares, mas aproveito também para deixar aqui escrito o meu reconhecimento pelo excelente e meritório trabalho.

O encontro referido no título é mais um exemplo de uma excelente iniciativa que promove o diálogo entre diferentes países com um elo comum, a língua portuguesa. De facto, a menção, no texto de divulgação publicado no site do ICOM Portugal, para a intenção de “regular […] parcerias entre profissionais e museus em países e comunidades de língua portuguesa e potenciar a sua afirmação no seio do ICOM”, parece-me ser um dos mais importantes contributos, a par dos Seminários de Investigação em Museologia de Língua Portuguesa e Espanhola, para a afirmação internacional da museologia portuguesa.

Gostava muito de apresentar uma comunicação sobre a minha área de investigação, mas não me parece (pode ser erro de leitura meu) que haja uma área onde possa incluir uma comunicação sobre documentação em Museus. Vou inquirir a direcção do ICOM e a organização do encontro sobre esse assunto. Em todo caso farei o impossível para estar presente, apesar de na mesma altura se realizar o CIDOC e o seminário referido acima. Será, não tenho dúvidas nenhumas, um dos momentos mais marcantes na museologia nacional.

Mais informações em VI ENCONTRO DE MUSEUS DE PAÍSES E COMUNIDADES DE LÍNGUA PORTUGUESA

Programa e apelo
7º Encontro de Utilizadores da Sistemas do Futuro – Portimão

7º Encontro de Utilizadores da Sistemas do Futuro – Portimão

Não posso deixar de escrever umas linhas, quanto mais não seja para memória futura, sobre o 7º Encontro de Utilizadores da Sistemas do Futuro.

Em primeiro lugar um sentido agradecimento a toda a equipa do Museu de Portimão pelo acolhimento e simpatia e aos Dr. Miguel Gil e Dr. José Gameiro pelo forma como sempre me receberam numa casa que dispensa apresentações. Uma visita a este importante museu algarvio é sempre um prazer renovado e merece todos os quilómetros que faço para lá voltar.

Um outro agradecimento é devido também a todos os participantes que se deslocaram a Portimão naqueles dias. Numa altura complicada vários foram os que marcaram mais uma vez a sua habitual presença e vários os que arriscaram uma ida pela primeira vez. Espero que todos sem excepção tenham dado como útil e prazenteiro o tempo que despenderam com este evento.

E para acabar com os agradecimentos, falta-me a devida vénia a todos os oradores (menos ao Alexandre Matos, por razões óbvias) que nos presentearam com um dos melhores encontros que a Sistemas do Futuro já organizou em termos de qualidade e aprendizagem. Não os podendo mencionar a todos (para não maçar os leitores), queria agradecer-lhes o importante contributo que dão com o seu trabalho para o desenvolvimento de vários temas da museologia e património.

O 7º Encontro de Utilizadores da SF é realizado de dois em dois anos pela empresa para a qual tenho o orgulho de trabalhar. O seu objectivo é constituir-se como um fórum de debate e divulgação sobre alguns projectos realizados por clientes da Sistemas do Futuro que possam ser uma referência para outras instituições similares. Estes encontros têm sido, segundo o feedback que vamos recebendo, excelentes momentos de reflexão e troca de contactos entre pessoas e instituições que têm missões e objectivos comuns.

Este ano, à semelhança do que aconteceu em edições passadas, resolvemos proporcionar um workshop sobre Social Media e Museus, protagonizado pela minha colega e amiga Maria van Zeller (que defendeu recentemente uma tese sobre o assunto na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto) e por Conxa Rodà, responsável pelo projecto Museo Picasso 2.0 do Museu Picasso de Barcelona. Este workshop foi dividido em duas partes: a primeira mais teórica, onde Conxa Rodà falou sobre as redes sociais e a oportunidade que os museus têm para se promoverem e entrarem num mundo cada vez mais aliciante no que respeita à conquista de público e a segunda na qual a Conxa e a Maria fizeram com que todos os participantes se reunissem em grupos de trabalho para desenhar uma estratégia de utilização das redes sociais para divulgar e promover uma “colecção” que lhes era dada previamente. Em breve penso que as duas terão um texto sobre o workshop com algumas conclusões sobre o trabalho desenvolvido naquele dia. (Já o fiz pessoalmente, mas importa deixar aqui um agradecimento especial à Maria e à Conxa pelo excelente trabalho que fizeram).

O segundo dia é normalmente preenchido por um conjunto de apresentações que quase não nos deixa tempo para respirar. Este ano foram apresentados projectos de Cascais, do Museu Ferroviário, da Europeana Local, da Rede de Azulejaria da Faculdade de Letras da UL, do grupo que desenvolve o Thesaurus de Acervos Científicos, do Museu D. Diogo de Sousa, do Ministério da Educação, do Museu da Ciência da Universidade de Coimbra e da Sistemas do Futuro. Todos eles de uma qualidade e importância vital para o contexto museológico nacional. O leque de temas é também variado: ligações entre bases de dados de gestão de património e SIG, criação e gestão de thesauri, colecções online, guias multimédia e jogos multimédia para museus. Enfim um dia de aprendizagem intenso e compensador na minha opinião.

Por fim e em jeito de conclusão muito pessoal não posso deixar de dizer que este encontro foi muito proveitoso e útil. Ouvi e vi várias pessoas a discutir muitos dos temas abordados e várias vezes fui interpelado sobre um ou outro pormenor de alguns dos projectos apresentados. Fico (ficamos) contentes por isso e agradeço, uma vez mais, a todos pelo sucesso da iniciativa. Ele deve-se a todos vós.

Web 2.0 e Museus

Não há como aprender com quem sabe. Conxa Rodá do Museu Picasso de Barcelona fala sobre web 2.0 e museus com a ajuda do excelente trabalho que desenvolveu no museu nesta área e do excelente trabalho de pesquisa e investigação sobre a nova web e a sua utilização pelos museus.

Para os que não puderam estar presentes mais tarde será disponibilizada informação no site do Encontro de Utilizadores da Sistemas do Futuro.

7º Encontro de Utilizadores de Aplicações de Gestão do Património

A Sistemas do Futuro – Multimédia, Gestão e Arte e o Museu de Portimão têm o prazer de o convidar a participar na 7ª edição do “Encontro de Utilizadores de Aplicações de Gestão do Património”.

Este ano associamos ao 7º Encontro de Utilizadores um Workshop subordinado ao tema “Museums and Social Media”.

O Encontro de Utilizadores e o Workshop decorrerão em Portimão, no Auditório do Museu de Portimão, nos dias 11 (Workshop) e 12 de Novembro(Encontro de Utilizadores).

Junto enviamos o programa com a Ficha de Inscrição. As inscrições são gratuitas e estão abertas a todos os interessados, mas estão limitadas à capacidade do auditório e no caso do Workshop a 30 participantes.

Contamos consigo!

Ainda parece ter sido ontem a primeira vez em que participei nos Encontros que a Sistemas do Futuro organiza para os utilizadores das suas aplicações. Já lá vão uns anos valentes desde a apresentação em Coimbra, em conjunto com o Museu da Cidade de Lisboa, de um conjunto de novas funcionalidades que hoje já me parecem completamente surreais. A tecnologia avança com uma velocidade incrível.

Este ano o encontro é antecedido de um workshop sobre “Social Media e Museus” que será coordenado por Conxa Roda (especialista na matéria e coordenadora do Projecto “Museo Picasso 2.0”) que me parece ser um importante contributo para ajudar os museus na utilização das novas ferramentas disponíveis na web.

No Encontro parece-me importante destacar a apresentação de alguns projectos multimédia e colecções online que irão ser apresentados por vários museus, bem como as parcerias que temos realizado, em diferentes projectos, com outras empresas e instituições. As apresentações da Marta Lourenço e Susana Medina (thesaurus de Acervos Ciêntificos) e de Virot Serrão e Rosário Salema (Rede temática de Azulejos) serão importantes contributos de projectos de investigação aos quais a Sistemas do Futuro se encontra ligada.

No final, como é costume, serão apresentados novos projectos da Sistemas do Futuro pelo Fernando Cabral.

Para mais informações poderão consultar o site do encontro aqui: http://www.sistemasfuturo.com/encontro2010

Diz que é uma espécie de gathering

Fui ontem informado que no próximo dia 5 de Fevereiro depois de jantar, a propósito do Inova Fórum que se vai realizar na Exponor e que versa sobre Cultura e Criatividade, se irá realizar um gathering para que a malta se divirta, comunique, reveja velhos amigos, and so on, and so on… ali para os lados do Passeio Alegre num bar que se chama Cerveja Viva. Quem vier ao Porto com o objectivo de participar na bendita feira tem aqui uma oportunidade de se encontrar com outra rapaziada que faz vida nestas coisas da cultura, património e indústrias criativas.

Diz que vai ser uma boa oportunidade para umas boas conversas.

Para os menos familiarizados com o Porto. o Cerveja Viva fica onde está a indicação no mapa, ok?

[googlemaps http://maps.google.com/maps?f=q&source=s_q&hl=en&geocode=&q=Rua+Passeio+Alegre,+544,+porto,+portugal&sll=41.147981,-8.668154&sspn=0.002012,0.004211&ie=UTF8&ll=41.155716,-8.663149&spn=0.008047,0.016844&t=h&z=14&iwloc=addr&output=embed&s=AARTsJqLR8RkS56gdxsq5P2X7vnIQyAh6w&w=425&h=350]