Arte, Museus e Culturas Digitais – conferência online

Arte, Museus e Culturas Digitais – conferência online

Nos próximos dias 22 e 23 de Abril decorrerá online a conferência internacional Arte, Museus e Culturas Digitais, uma organização do MAAT – Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia e do Instituto de História da Arte da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade NOVA de Lisboa que tem como principal objectivo, nas palavras da organização, “debater o modo como as tecnologias digitais têm contribuído para a criação de novos territórios e motivado diferentes inovações na produção artística, nas práticas curatoriais e nos espaços museológicos” através de um debate entre diversas perspectivas e promovendo a discussão de trabalhos de investigação recentes, ou ainda em curso, em diversos países e diferentes contextos.

Imagem da fachada do edifício do MAAT
Vitor Oliveira from Torres Vedras, PORTUGAL, CC BY-SA 2.0 https://creativecommons.org/licenses/by-sa/2.0, via Wikimedia Commons

Esta iniciativa, coordenada pela Helena Barranha (Instituto Superior Técnico, Universidade de Lisboa and IHA, FCSH, Universidade NOVA de Lisboa, Portugal) e pela Joana Simões Henriques (MAAT – Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia), conta com um conjunto de investigadores muito interessante e de áreas diversas na comissão científica, que conseguiu selecionar para o programa um conjunto muito interessante de investigadores e projectos que mostrarão, estou certo, o que de melhor se tem feito ultimamente nesta área, numa altura em que o digital assume uma importância cada vez maior face às circunstâncias vividas em todo mundo atualmente.

Confesso que já escolhi algumas comunicações que não quero perder, entre elas a keynote do Ross Parry e do Vince Dziekan – Critical Digital: Museums and their Postdigital Circumstance, que nos trará, estou certo, muito alimento para uma reflexão mais cuidada sobre o futuro dos museus. Eu irei moderar uma das sessões, sobre Interactive Digital Interfaces and Exhibition Design, e confesso que estou muito curioso por ouvir as três comunicações dessa sessão e aprender um pouco mais sobre um assunto que se relaciona, cada vez mais, com a utilização da informação das coleções no espaço expositivo. No entanto, é muito fácil encontrar no programa outros motivos para se inscreverem nesta conferência.

Todas as informações sobre o evento encontram-se no website da conferência e os procedimentos de inscrição estão disponíveis aqui.